Pela 4ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Desafios mortais

Polícia confirma 4 adolescentes envolvidos com jogo Baleia Azul em Goiânia

Jovens se automutilaram durante "desafios" | 20.04.17 - 15:57 Polícia confirma 4 adolescentes envolvidos com jogo Baleia Azul em Goiânia (Foto: portal interessante)

Rafaela Bernardes e Lucas Cássio

Goiânia -
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), confirmou na tarde desta quinta-feira (20/4) ao jornal A Redação que pelo menos quatro adolescentes estão envolvidos com o jogo 'Baleia Azul' em Goiânia. Os jovens foram submetidos a exames médicos que comprovaram a automutilação. 

Leia Mais:
Sete Estados têm suicídios e mutilações sob suspeita de ligação com Baleia-Azul
 
"Três dos adolescentes confirmaram que cortaram o próprio corpo obedecendo às regras do jogo virtual. O quarto jovem nega veementemente a participação com o 'Baleia Azul', mas temos pistas do envolvimento dele. Estamos monitorando as redes sociais desses adolescentes e já identificamos mensagens com as regras do jogo. Estamos ouvindo familiares e pessoas próximas aos jovens para concluir as investigações", explicou a delegada da DPCA, Paula Meotti. 

O 'Baleia Azul' é um jogo on-line, difundido no mundo todo, que conta com 50 níveis de dificuldade, tendo o suicídio como resultado final. As regras para participar do jogo são difundidas na internet e os participantes surgem em grupos fechados nas redes sociais. O administrador do grupo lança desafios, que chegam a estimular a automutilação e até a morte dos participantes do jogo. 
 
A delegada Paula Meotti afirmou, ainda, que nenhum caso de suicídio ocorrido no Estado, até agora, é investigado por ter relação com o jogo mortal. Segundo a delegada, os casos de pais que têm procurado a polícia preocupados com o envolvimento dos filhos com o chamado 'Baleia Azul' aumentaram consideravelmente. 
 
"Todos os dias recebemos pais aqui na delegacia preocupados com seus filhos. Não parece, mas é muito comum os casos de adolescentes que se cortam por problemas emocionais. Mas os casos confirmados de envolvimento com o jogo são quatro, até agora", reforçou. 
 
A polícia investiga agora a ligação de adultos que possam estar incentivando os adolescentes a iniciar o jogo. "Caso fique provado que algum adulto aliciou ou induziu uma criança ou adolescente a participar do 'Baleia Azul', esse indivíduo responderá criminalmente, podendo pegar até 6 anos de prisão", explicou a delegada. 
 
Atenção redobrada
A psicanalista e psicóloga Isabella Castro alerta os pais e responsáveis a tomarem cuidado na hora de abordar o assunto 'Baleia Azul' com as crianças e adolescentes. 
 
"Para conseguir entrar no universo da criança e do adolescente, é preciso mais intimidade e autoridade do que autoritarismo. Os pais devem tomar muito cuidado para não criar curiosidade na criança sobre o 'Baleia Azul'. Ao contrário disso, os pais devem informar sobre os perigos e consequências do jogo”, explicou em entrevista ao AR
 
Isabella alerta também para a necessidade que o jovem tem de se sentir inserido em um grupo e para as consequências dessa ligação. 
 
"O jogo tem um ponto muito intrigante que é o desafio. O desafio mexe com a vaidade e com a coragem do adolescente que convive em grupos. Se o jovem estiver muito a mercê do grupo, ele provavelmente vai cair no jogo. E aí que entra a atenção dos pais em saber identificar o comportamento do filho", ressaltou. 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351