Pela 4ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Saúde

Bactéria mata dois bebês e interdita parte do HMI em Goiânia

Outros quatro casos de infecção são analisados | 20.03.17 - 10:43 Bactéria mata dois bebês e interdita parte do HMI em Goiânia Hospital Materno Infantil (Foto: Eduardo Ferreira)
 
A Redação
 
Goiânia - Parte do Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia, está interditada desde a última sexta-feira (17/3) por causa de uma bactéria. De acordo com a direção da unidade, a situação causou a morte de duas crianças. Outros quatro possíveis casos de infecção de recém-nascidos estão em análise.
 
Em nota, a unidade de saúde informou que trata-se de uma infecção multirresistente por Klebisiella Pneumoniae, uma bactéria comum em unidades fechadas com uso frequente de antibióticos. O caso interditou de forma preventiva as áreas neonatais do hospital. 
 
"No momento, dois outros possíveis casos de infecção de recém-nascidos internados na Ucin e dois na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da unidade encontram-se em análise", diz o comunicado oficial, assinado pela diretora técnica do HMI, Sara Gardênia.
 
Ainda segundo o comunicado, o hospital já adotou medidas de precaução e controle na tentativa de coibir a disseminação do microorganismo isolado. O caso é monitorado pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351