Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Pesquisa

Serpes mostra tendência de crescimento de José Eliton, avalia base

Ronaldo Caiado apresentou queda | 09.04.18 - 19:15
A Redação

Goiânia -
A pesquisa do Instituto Serpes publicada nesta segunda-feira (9/4) pelo jornal O Popular mostra tendência de crescimento da pré-candidatura do governador José Eliton (PSDB) no momento em que ele assume o comando do Palácio das Esmeraldas e passa a ser o protagonista da administração estadual, avaliaram ontem os líderes da base aliada e o tucano ao avaliar o levantamento.

Ao mesmo tempo, afirmam, os números mostram que o senador Ronaldo Caiado (DEM), que lidera, atingiu seu teto e mostra sinais de queda, num momento em que 80% dos eleitores manifestam ainda não ter definido em que votarão para governador em 7 de outubro, data do primeiro turno.
 
"Tenho dito e reiterado que pesquisas, neste momento, pouco significam. São um retrato do momento. De toda forma, se compararmos a Serpes publicada hoje com a Serpes publicada pela Acieg em dezembro último, nós vamos observar que os dois candidatos adversários perderam pontos significativos e eu fui o único candidato que cresci", afirmou José Eliton. "A pesquisa que eu quero vencer é a de 7 de outubro", disse.
 
As principais lideranças a base de apoio do governo José Eliton (PSDB) comemoram nesta segunda-feira os números da pesquisa Serpes/O Popular e avaliaram que o levantamento, realizado entre os dias 30 de março e 5 de abril, mostra tendência de crescimento do tucano e queda do senador Ronaldo Caiado (DEM). Para os aliados, a trajetória de alto do governador vai se intensificar a partir de agora, já que ele assumiu no sábado o comando do Palácio das Esmeraldas e tem pela frente extensa agenda de inaugurações do Goiás na Frente.
 
Segundo as lideranças da base, os números mostram que Caiado "bateu no teto", ou seja, não ultrapassa os 40 pontos porcentuais, ao passo em que o pré-candidato do MDB, Daniel Vilela, desidratou. A Serpes/O Popular para o Governo de Goiás divulgada nesta segunda-feira, 9, a menos de seis meses das eleições de 7 de outubro, mostra a fragilidade da candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM). Apesar de ainda liderar a corrida para o Palácio das Esmeraldas, com 39,7%, Caiado teve queda de 4,3 pontos porcentuais na comparação com o levantamento anterior, realizado pelo Serpes a pedido da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg).
 
“As pesquisas são muito pré-maturas, quase 80% dos eleitores ainda não definiram seus votos. Há, portanto, um espaço grande para os candidatos trabalharem”, diz o presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), acrescentando que José Eliton tem tempo para trabalhar. “Para José Eliton, que assumiu agora o governo, há um campo grande para trabalhar e crescer. Também acredito que, a partir de agora, o senador Ronaldo Caiado começará a cair nas pesquisas e seus adversários crescerão”, avalia Vitti.
 
O deputado estadual Jean Carlo (PSDB) diz que, em Goiás, “os que despontam nas pesquisas sempre perdem”. “A história nos mostra que, desde 1994, quem sai à frente nas pesquisas de intenções de votos perde as eleições, foi assim com o próprio Caiado em 1994, quando perdeu a disputa para Maguito Vilela. Além disso, há um cenário com quase 80% do eleitorado indeciso, ou seja, estou extremamente otimista em relação a José Eliton que, acredito, vai crescer vertiginosamente nas pesquisas”.
 
A deputada estadual Eliane Pinheiro (PSDB) frisa que o principal adversário do governador José Eliton é conhecido do eleitorado goiano, o que o favorece nas pesquisas de opinião. “O senador Ronaldo Caiado é candidato desde 1994, é natural que o nome dele seja lembrado. Quanto a José Eliton, não tenho nenhuma dúvida sobre a sua vitória. Como governador, ele terá maior visibilidade. Vai mostrar o trabalho que já vinha desenvolvendo junto com o governador Marconi Perillo, é coordenador do Programa Goiás na Frente e vai crescer rápido nas pesquisas”, analisa.
 
Ex-prefeito de Catalão, Jardel Sebba (PSDB) diz que pesquisa é avaliação de momento e que a tendência é que o governador José Eliton cresça, a partir de agora, e que o seu principal adversário caia. "O senador Ronaldo Caiado já bateu no teto. Além disso, não tem estrutura de campanha, não tem chapa majoritária, nem proporcional forte, e tem o emocional complicado. Já Eliton, agora que é governador, vai se tornar conhecido da população e deslanchar”, avalia. “Outro ponto é que, historicamente, desde 1994, todos que começaram na frente perderam as eleições e, esse ano, na minha opinião e convicção, não será diferente. Zé Eliton tem estrutura, obras, equilíbrio e está muito focado e preparado”, acrescenta o ex-prefeito Jardel Sebba.

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351