Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Novidade

Defensoria de Goiás inaugura escritório de representação em Brasília

Lúcia Silva Gomes participou da solenidade | 12.03.18 - 19:15 Defensoria de Goiás inaugura escritório de representação em Brasília (Foto: DPE-GO)
 
A Redação
 
Goiânia - A defensora pública-geral do Estado, Lúcia Silva Gomes Moreira, inaugurou nesta segunda-feira (12/3), em Brasília, o escritório de representação da Defensoria Pública do Estado de Goiás. A estrutura funcionará junto ao Escritório de Representação do Governo de Goiás.
 
A partir de agora, recurso junto aos tribunais superiores na capital federal será feito por defensor público com atuação exclusiva no Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal. Também participaram da inauguração o defensor público titular da Defensoria Pública de Instância Superior, Marco Tadeu de Paiva Silva, e o segundo subdefensor público-geral, Saulo Carvalho David. 
 
Ao visitar a instalação, a defensora geral foi recebida pelo chefe do escritório do Governo de Goiás, Simão Cirineu. Além de dar início às atividades, Lúcia Gomes fez uma visita à presidente do STJ, Laurita Vaz, para comunicar da chegada da Defensoria de Goiás aos tribunais superiores. A ministra Disse que como goiana sentia-se orgulhosa por ver a Defensoria de seu Estado iniciar suas atividades em Brasília.
 
Laurita Vaz também destacou a importância de as defensorias públicas estaduais trabalharem de forma articulada junto aos tribunais superiores no sentido de criar jurisprudências para a garantia de direitos dos seus assistidos.
 
Cooperação
A defensora pública-geral ainda assinou, em conjunto com as Defensorias Públicas de Minas Gerais e Bahia, adesão ao termo de cooperação para atuação articulada junto aos tribunais. Somando-se a Goiás, são dez Defensorias Públicas signatárias.
 
De acordo com Lúcia, essa atuação vai garantir que os interesses coletivos dos assistidos da Defensoria sejam defendidos de forma estratégica. 
 
Na avaliação de Marco Tadeu, “a Defensoria Pública dá início aos trabalhos junto aos tribunais superiores com esperança e confiança de conseguir, com uma atuação estratégica e coordenada, dar efetividade a seu papel constitucional de assistência jurídica integral e gratuita a todos que dela necessitam”.

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351