Pela 3ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Embalagem é casca

E essa tal de Goji Berry?

A pequenina fruta chinesa que entrou na moda E essa tal de Goji Berry? (Foto: reprodução)

Goiânia -  Goji Berry é uma fruta de origem oriental, já conhecida pelos chineses há milênios, e agora chegou ao Brasil como “uma promessa” para queimar gorduras localizadas e emagrecer até 2kg em uma semana ou mais… etc.

A goji já é a base da “dieta milagrosa do projeto verão” deste ano de muita gente! Mas vamos conhecer melhor este pequenino “milagre” vermelho vindo da China…

Como consumir Goji Berry?
A goji pode ser consumida fresca ou seca. Claro que vindo de onde vem, aqui é muito mais fácil encontrar seca. Mas se você está mesmo engajado nesta ideia, pode comprar a sementinha e plantar!
 
A goji berry seca pode ser comida sozinha, você também pode adicioná-la à sua salada de frutas, ao seu suco verde, ou usar em qualquer outra receita que você normalmente usaria frutas secas.
 
Quais os benefícios da Goji Berry
A goji berry tem uma alta concentração de vitaminas do complexo B, é a Michelle Obama da vitamina C, e a Margaret Thatcher do ferro, potássio, selênio cálcio, além de possuir o cofre do Tio Patinhas em concentração de aminoácidos.
 
A nossa pequena goji é antioxidante e um antinflamatório natural, que pode ajudar a reduzir a celulite, e ainda pode auxiliar na redução do colesterol. Possui betacaroteno, que ajuda a produção de vitamina A, que é deixa a pele, unhas, cabelos mais fortes e bonitos.
 
E a tal dieta milagrosa, funciona?
Mais uma vez, esqueça a dieta milagrosa! De nada adianta comer religiosamente a sua goji berry, se não mudar o estilo de vida e a alimentação. A goji berry pode dar uma força na sua dieta, mas não vai fazer nada sozinha! Atividade física regular e reeducação alimentar são fundamentais. Ninguém disse que era fácil ter uma vida saudável, mas pode ter certeza que é muito mais prazerosa :)

Goji Berry pode fazer mal à saúde?
A goji não deve ser consumida em quantidades superiores a 30g ou 40g por dia. Além disso, as pesquisas sobre a goji ainda são recentes e têm demonstrado que o consumo não é indicado para qualquer pessoa. Quem toma medicamentos anticoagulantes, por exemplo, não deve consumir a goji. O melhor, antes de aderir a goji berry, é consultar um nutricionista.
 
Beijos,
Carol

*Confira outras dicas no blog www.falecomanutricionista.com.br.
 


Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:

Sobre o Colunista

Carol Morais
Carol Morais

Nutricionista formada pela UFG, especialista em Fitoterapia e Nutrição Esportiva Funcional. Fez curso de culinária na escola Recipease de Jamie Oliver em Brighton, Inglaterra, e viaja o Brasil realizando oficinas e o programa Detox Delivery Gourmet / falecomanutricionista@gmail.com

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
(62) 9956-7336